Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

sábado, dezembro 02, 2006

nota: biela

meia-hora de conversa depois apercebeu-se para onde tinha sido perigosamente arrastado. o interlocutor, um secretário de grau cinco da repartição de projectos, tinha-lhe sido maldosamente atirado para o caminho e realizava agora com a maior candura e profissionalismo a sua actividade preferida: agarrar no centro motor do projecto e alterar-lhe a direcção, fazendo-o rodar eternamente no ciclo da burocracia. alguém, lá em cima, não gostava de si.