Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

quinta-feira, dezembro 14, 2006

nota: arroz de polvo

polvo gigantesco das 2000 mil léguas submarinas de Júlio Verne
O imediato Andersen foi o primeiro a reparar no monstro disforme. A ideia correu como um raio eléctrico em sopa de sal: arroz de polvo a escorrer, cozinhado à moda portuguesa. Três voluntários sairam então pela escotilha armados de machados e arpões, de encontro ao futuro almoço...
[Apontamento] Júlio Verne

Etiquetas: , ,