Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

sábado, novembro 11, 2006

mestres: Aquilino Ribeiro

sempre me meteu espécie a história do "nariz aquilino". havia um fulano, na altura mero nome distante de lombadas de livros, com esse nome de Aquilino e o nariz devia ser dele. mas não foram as lombadas o primeiro contacto, foi mesmo aquela história da raposa, em desenhos em movimento na caixinha preta. o livro foi a seguir, deve ter ficado daí o gosto das palavras que ressabem a granito, giesta e pinheiro. de vez em quando volto às suas palavras ao sentir a falta da broa e azeite do pensamento enquanto desterrado nesta urbe luminosa de calcário e mármore.
[Apontamento] Aquilino Ribeiro