Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

sexta-feira, julho 28, 2006

nota: viajante


num mundo em especialização, o olhar abrangente ganha mais valor pela capacidade de expôr a riqueza das ligações esquecidas. a transcêndencia acima do mundano é também muito mais fácil de conseguir assim. Thoreau escreveu que nunca aprendeu nada com alguém mais velho. acho que não encontrou os mestres certos.