Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

quinta-feira, maio 25, 2006

palavra: lambareiro

correu, língua à baila, pendente e escorrendo baba, atropelou os degraus até ao chão de terra batida da cozinha, aterrando certeiro no tacho do jantar entre os risos do dono e a colher em riste da cozinheira Omessa, olha-me que este!