Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

quarta-feira, março 15, 2006

nota: reabertura

O porteiro, encadeado pelo revoltear da saia papoila da rapariga das três (que costumava passar rapidamente a caminho do café, lá abaixo, no bairro velho), enganou-se nos controlos e deixou sair o puto fechado pelo velho de barbas brancas. Apanhei-o, sorridente, à cata de sapos no riacho, pés nus e cabelo ouriçado. Juntos decidimos declarar aberto o Verão.