Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

sexta-feira, abril 15, 2005

nota: electricidade

o som eriçou-lhe os cabelos e levantou-lhe as pontas dos lábios, desenhando-lhe um pequeno sorriso de autosatisfação. estava pronto: com o pano de lã criteriosamente mandado fazer na aldeia ia carregar a bateria do automóvel apenas pela fricção do balão que tinha ligado aos bornes. ao final da tarde ainda lá estava, à espera da milagrosa faísca...