Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

quarta-feira, fevereiro 02, 2005

nota: subitamente

o Desejo. ergueu-se e olhou em volta [movimento de rotação]. deslizou a língua pela ponta dos lábios, inquisitivo. onde?, perguntou-se. ah! [sorriso]. deslizou até à sala [soalho de madeira, meias de lã grossa] e espreitando-lhe por cima dos ombros [promontório predilecto], apoiou neles o queixo e enterrou-se-lhe nos cabelos [viagem à floresta negra, um ano antes]. dois minutos mais tarde estavam os dois a fazer bolos de chocolate na cozinha [as ideias dele cresciam como fermento. ela dava-lhes consistência. no fundo coziam bem na mesma forma.].