Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

nota: nougat

olhou muito atentamente em volta: o velho chinês admirava o pudim e o respeitável senhor de suiças olhava confiante o futuro, sobressaíndo do seu fundo vermelho. costa livre, pensou! rasgou o invólucro amarelo e

CHOMP! CHOMP! CHOMP!

abarbatou-se ao nougat em três dentadas. no ar, volteando vagorosamente, ficou o celofane amarelo, demasiado aturdido para ripostar.