Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

sexta-feira, dezembro 17, 2004

nota: a fundo


com um sorriso a bailar nos lábios rodou a chave, pondo os cilindros em feroz movimento. este traduzia-se num barulho que crescia, à laia das grandes composições, sinal da indómita vontade dos animais escondidos debaixo do capô. engrenou então a mudança, encostando o pinhão na cremalheira, transmitindo a força latente directamente ao veio das rodas. chiando, rasgaram o asfalto num trilho de sangue negro. 3000 Km depois, o reencontro.
to that old dear friend, Jimmy Boyle, just escaped from "Planet of the Apes"