Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

quinta-feira, novembro 25, 2004

nota: relevos

deslizou pelas pontas dos dedos, dançando um sorriso. não lhe disse, quando os seus caminhos se cruzaram em conversa, mas em segredo pediu um desejo: nos olhos viu-lhe estrelas caindo e assim almofadou-as com um beijo, antes de se separarem.