Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

sexta-feira, outubro 08, 2004

nota: laranjas

disse-lhe, com muita candura e um olhar de quem origina nuvens, que não acreditava nessas histórias de almas gémeas e metades de laranjas. não fiquei bem a perceber se ela gostou de ouvir (estava três mesas à frente e entre o galão e o pastel de nata há coisas que se perdem) mas não me pareceu grave. depois vi-o polvilhar muito calmamente o seu pastel, soltar uma gargalhada e dar-lhe uma dentada. subitamente, parou e ficou sério mas aí, já eu sabia que tipo de pessoa ele era. e sorri para mim. há estas almas que andam por aí com a leveza de quem sabe a solidez que transportam consigo. "meu amigo", pensei, "boa sorte, não te deixes comer como um gomo".