Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

segunda-feira, agosto 09, 2004

Fort Lauderdale - Traces Of Places Until The Morning



Como é que descobrimos coisas novas? Estava a pensar que é um mecanismo interessante e a menos que nos caia redondamente na cabeça (como os pianos ou cofres) terá de haver sempre uma ligação a algo que já conhecemos, nem que seja por flagrante contraste. Aqui foi a capa. Faz-me lembrar imediatamente uns certos anos 80 e o Blade Runner. É uma sedução estranha. A música dentro não me traz nada de novo (a certa altura, presunçosamente, pergunta-se o que é que é novo) mas é cativante. E faz-me querer comprar um gira-discos para ter em Lx...

2 Filetes:

At 12:46 da manhã, Blogger Shade of blue said...

Quando descobrimos mais é quando as procuramos. Mas às vezes parece que as novidades nos procuram, porque nos acham facilmente.

Comigo encontrar nova musica é algo muito passivo, descubro-a essencialmente através das pessoas essencialmente porque são diferentes. Sei automáticamente do que não gosto...já te imagino pensar que consegues prever bem o meu estilo. Não tenho vergonha de ser uma easy listener. Não considero música muitas coisas que houves. Acho que estás apenas à procura de ser supreso e se possível chocar-te. :)

 
At 1:02 da manhã, Anonymous Anónimo said...

continuas o mesmo parvalhão.

 

Enviar um comentário

<< Home