Atum Tenório

Sobre as coisas que para aí andam e nos caem à frente.

quarta-feira, agosto 25, 2004

já agora...

"Monks who have a talent for it play go with women and become their lovers."
Yamaoka Genrin, Edo-period essayist

terça-feira, agosto 24, 2004

One Hundred Aspects of the Moon



Primeiro o disco: Ikue Mori fez um tributo à série de Ukyio-e mais conhecida de Yoshitoshi, "One hundred aspects of the moon". O som é reconhecívelmente Mori (é daquelas coisas, "nunca ouvi isto antes mas já sei de quem é") e é interessante. Não direi para o pessoal ir correr a comprar mas pelo menos que o areje pelos ouvidos.

Yoshitoshi... Começei-me a interessar pelo Ukyio-e pelo mesmo sítio que muita gente, depois de ver a Onda de Hiroshigue. Mas, há, obviamente, mais que ver. Yoshitoshi será o melhor discípulo de Kunioshi, um dos últimos grandes mestres da época Meiji (principio do sec. XIX). As suas estampas tem vida, veja-se o exemplo


YOSHITOSHI TSUKIOKA: Mount Ji Ming Moon: One Hundred Views of the Moon, 1885-1892

É-me impossível não deixar de sentir a dinâmica dos elementos a que a figura se opõe. Por outras palavras, o comentário interior é inevitávelmente "este gajo devia ser um fulano f*****"...


Para uma boa amostra do trabalho de Yoshitoshi, passem por
Aqui.
Além de uma visão geral da vida do artista tem uma grande amostra dos seus trabalhos, com textos descritivos muito interessantes.

sexta-feira, agosto 20, 2004

Arte Moderna



A arte é intenção. Intenção de ser arte.

(e assim, para bom entendedor, meia palavra basta)

sexta-feira, agosto 13, 2004

Go



Pequeno prazer, jogar um pouco de Go num tabuleiro a sério, ouvindo as pedras batendo na madeira. ahhh, de volta ao trabalho...

sugestões:

. o site da KGS, um dos servidores de Go mais simpáticos que conheço:
http://www.kiseido.com

. o site da APGo (Assoc. Portuguesa de Go):
http://portugal.european-go.org/

. e, já agora, para quem quer mesmo levar isto a sério... :
http://gobase.org

Se estiver por Lisboa e quiser um jogo... é só dizer ;) e o tempo está mesmo bom para isso...

terça-feira, agosto 10, 2004

Havaianas (camisas)

Interessei-me agora por camisas havaianas. Não é bem um agora, o interesse já é de algum tempo mas só agora tenho uma verdadeira falsificação de camisa havaiana que passeio orgulhosamente em toda a sua pirosice.

Anyway, recomendo uma passagem por aqui para apreciar melhor o assunto:

http://www.vintagehawaiianshirt.net/

E, já agora uma pérola (vindo isto da descrição do livro "The Aloha Shirt: Spirit of the Islands", no site da Amazon):

"Cultural icon and bon vivant Homer Simpson has opined that the only people who wear Hawaiian shirts are gay guys and big, fat party animals."

Obviamente que alguém não viu o estilo do Samuel L. Jackson no Jackie Brown... (e, já agora, viva o Dick Dale e os Beach Boys)

segunda-feira, agosto 09, 2004

Fort Lauderdale - Traces Of Places Until The Morning



Como é que descobrimos coisas novas? Estava a pensar que é um mecanismo interessante e a menos que nos caia redondamente na cabeça (como os pianos ou cofres) terá de haver sempre uma ligação a algo que já conhecemos, nem que seja por flagrante contraste. Aqui foi a capa. Faz-me lembrar imediatamente uns certos anos 80 e o Blade Runner. É uma sedução estranha. A música dentro não me traz nada de novo (a certa altura, presunçosamente, pergunta-se o que é que é novo) mas é cativante. E faz-me querer comprar um gira-discos para ter em Lx...